skip to Main Content
VOCÊ JÁ PENSOU EM ABRAÇAR O SEU DESCONFORTO?

VOCÊ JÁ PENSOU EM ABRAÇAR O SEU DESCONFORTO?

Passei por duas semanas de muitas dúvidas profissionais e emocionais e isso tirou a minha tranquilidade porque eu queria a todo custo resolver essas pendências até que eu escutei essa frase: “abrace o seu desconforto.”

Foi como uma bomba e ao mesmo tempo um sopro de Deus na minha alma!

Uma outra frase que eu gosto muito é “aquilo que você resiste, persiste” e era exatamente o que eu estava fazendo, eu ficava olhando para o meu desconforto, para o meu problema e acreditava que eu tinha que achar uma saída.

E aí reside uma outra questão: quando achamos que nós temos que, é como se estivéssemos em dívida com algo ou alguém, ou mesmo com o Universo. Então precisamos olhar para aquilo e decidir: eu tenho que ou eu quero? E foi o que eu fiz.

Abracei as minhas angústias, as minhas dúvidas, o meu desconforto e decidi que naquele momento eu queria ficar bem e, se para isso fosse necessário eu parar de resistir, era isso que eu faria.

Sabe por que? Porque quando eu aceitei a minha situação, entendendo que eu não poderia fazer mais nada e que só me restava descansar e confiar, bummmmm, as coisas começaram a acontecer.

Não, não é fácil aceitar aquilo que nos incomoda, o que nos faz mal, mas às vezes é necessário estar com esses sentimentos para que possamos entender que tudo faz parte de nossa evolução, que sempre há aprendizados a serem observados e que tudo conspira a nosso favor, mesmo que muitas vezes não acreditamos nisso.

O resultado final? Depois da tempestade um lindo arco-íris apareceu e estou agradecendo e apreciando toda a turbulência que passou e toda a paz que sinto agora.

Qual é o seu desconforto? Qual é a sua resistência?

Márcia Rafael

Master Coach - FEBRACIS Federação Brasileira de Coaching Integral Sistêmico e Florida Christian University; Palestrante autorizada curso e treinamento O PODER DA AÇÃO; Mestre em Direito do Trabalho pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP); Ex-Professora de graduação e pós-graduação nos cursos de Direito e Administração da Faculdade Maringá em Maringá-PR, UNIFAMMA – Maringá e FAPAN – Paraíso do Norte; Ex-Juíza Leiga no Juizado Especial Cível e Criminal na Comarca de Bataguassu-MS.; Professora convidada da pós-graduação em Direito do Trabalho e Processo do Trabalho da Faculdade Univel, Cascavel-PR; Advogada trabalhista há 22 anos; e Instrutora de Cursos na Associação Comercial e Industrial de Maringá (ACIM). Autora do Livro: Evolução do Direito do Trabalho. Alterações legislativas e perspectivas. Curitiba: Juruá, 2005; e Co-autora do livro: Remuneração e jornada de trabalho. Curitiba: Juruá, 2006.

This Post Has 2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top